Vitor Belfort lutou com lesão no joelho contra Lyoto Machida no UFC Rio 9

Vitor Belfort lutou com lesão no joelho contra Lyoto Machida no UFC Rio 9

Lesão de Grau II no ligamento medial esquerdo levou três médicos a indicarem o cancelamento da luta, mas carioca decidiu ignorar e cumprir último compromisso de contrato com organização

Leia tudo

Vitor Belfort entrou no octógono no último sábado, no Rio de Janeiro, longe de 100% de sua condição física. Conforme apurou o Combate.com, na luta que marcou a despedida do "Fenômeno" do UFC, o lutador carioca teve uma preparação complicada para enfrentar Lyoto Machida, quando acabou nocauteado no segundo round. Uma lesão no joelho esquerdo o impediu de treinar, mas nem isso o fez desistir de fazer sua última luta do contrato com o Ultimate.

Na primeira semana do camp de treinamento no Canadá, durante uma sessão de sparring, Belfort desferiu um chute e acabou estendendo o joelho. Os exames mostraram que o lutador de 41 anos sofreu uma lesão de Grau II no ligamento medial esquerdo, o afastando por duas semanas dos treinos. Após consultas com três médicos, que o desencorajaram a lutar, o brasileiro decidiu continuar adiante, apesar de não poder chutar e fazer treinos de chão durante todo o camp.

Vitor Belfort, que começou sua trajetória na organização no UFC 12, em 1997, encerrou sua trajetória no UFC 224 com 26 vitórias e 14 derrotas na carreira, além de ter conquistado o cinturão meio-pesado (até 93kg) em 2004.

Vitor Belfort lutou com lesão no joelho contra Lyoto Machida no UFC Rio 9