Puto da vida na prisão em Curitiba, Lula reclama: “de que adianta banho de sol se só chove aqui”

Puto da vida na prisão em Curitiba, Lula reclama: “de que adianta banho de sol se só chove aqui”

Ex-presidente Lula não está nada satisfeito com sua nova condição de presidiário. O sujeito que estava acostumado a ser bajulado, paparicado e que falava feito um papagaio está igual passarinho na

Leia tudo

Ex-presidente Lula não está nada satisfeito com sua nova condição de presidiário. O sujeito que estava acostumado a ser bajulado, paparicado e que falava feito um papagaio está igual passarinho na gaiola. Em vez de cantar, reclama de tudo o tempo todo. Até os agentes que o vigiam 24 horas por dia já estão evitando dar corda ao petista e evitam conversar com o condenado.

Lula tem reclamado até do tempo frio em Curitiba, que está esvaziando o acampamento mantido pelo PT, MST e CUT em frente ao prédio da sede da PF na capital paranaense, onde o petista está preso. Além da friagem, tem chovido nos últimos dias. Lula tem direito a duas horas diárias de banho de sol, mas se recusou a sair da sala nos seis primeiros dias de prisão. Estava bastante aborrecido.

Durante a visita de senadores do PT esta semana, o petista foi indagado sobre os motivos de não ter tomado seus banhos de sol diários. O petista tentou descontrair as visitas com mais uma queixa: “De que adianta banho de sol se só chove aqui! Deveria ser banho de chuva”.

Preocupados com o isolamento do petista, os senadores indagaram se ele estava tendo dificuldade em se adaptar à prisão. Lula afirmou que não estava estranhando muito, pois já vivia um isolamento enquanto estava livre. "O que estou vivendo aqui é o mesmo que vivi vinte anos atrás, disse o petista em referência aos trinta dias que ficou preso nos anos 80. "E na minha vida normal ultimamente não tenho mesmo frequentado restaurante, show, cinema. Não tem muita diferença”, admitiu o petista, que antes da prisão, evitava sair nas ruas para não ser hostilizado.