Jael revela sondagens, mas prefere seguir no Grêmio: "Deixar um legado"

Jael revela sondagens, mas prefere seguir no Grêmio: "Deixar um legado"

nome de Jael esteve envolvido em especulações, especialmente com a proximidade da janela de transferências atual. No entanto, o centroavante rechaçou qualquer possibilidade de deixar o Grêmio no

Leia tudo

nome de Jael esteve envolvido em especulações, especialmente com a proximidade da janela de transferências atual. No entanto, o centroavante rechaçou qualquer possibilidade de deixar o Grêmio no momento. Principalmente pelo bom momento no clube: é bem visto pela torcida e diretoria, tem a confiança da comissão técnica e a possibilidade de ganhar mais títulos.

+ Grêmio aproveita quarta sem Copa para testar talentos

Jael poderia, inclusive, ter deixado o Grêmio no início do ano, quando houve uma dificuldade para o acerto de sua renovação, depois superada. Seu contrato vai até dezembro, o que poderia deixar a corda mais fraca na hora de segurá-lo. Mas as sondagens não foram levadas para frente.

– Não chegou a esse ponto (de ter que tomar uma decisão). Falei com o meu empresário para não levar nada adiante, porque quero permanecer aqui. Lógico que se chegar algo muito bom tem que analisar, mas meu foco é aqui. Antes de renovar tinha algumas coisas boas, mas pensei em ficar, estou aqui hoje. Mais que financeiro, é deixar um legado, uma história. É conquistando mais títulos aqui que se marca mais história no clube – disse Jael em entrevista coletiva nesta terça.

Em 2018, o centroavante já soma cinco gols e sete assistências (é líder do time no quesito) e vive bom momento. O centroavante convive com a disputa pocom André, mas é tido como titular. Conquistou o Campeonato Gaúcho e a Recopa com o Tricolor. E tem a intenção de engrossar a lista de títulos na temporada.

– Estou com a minha cabeça aqui, renovei para ser campeão, como fui duas vezes. Estamos em três competições, brigando nas três. Vamos buscar ao máximo ganhar mais títulos. Quero terminar o ano aqui, entrar mais para a história do clube – completou.


Jael ganhará agora a concorrência de André também na Libertadores, pela possibilidade de mudanças na lista de inscritos a partir das oitavas de final, fase em que o Tricolor enfrentará o Estudiantes, da Argentina. Hernane é a outra alternativa para a posição.