Gigantesco sarcófago é descoberto no Egito, ainda selado.

Gigantesco sarcófago é descoberto no Egito, ainda selado.

Gigantesco sarcófago é descoberto no Egito Os egiptólogos descobriram um enorme sarcófago preto – medindo 2,65 metros – durante uma incrível escavação arqueológica. O imenso caixão de granito foi

Leia tudo

Gigantesco sarcófago é descoberto no Egito
Os egiptólogos descobriram um enorme sarcófago preto – medindo 2,65 metros – durante uma incrível escavação arqueológica.

O imenso caixão de granito foi enterrado 6 metros abaixo da superfície, cerca de 2.000 anos atrás, na cidade de Alexandria, na costa do Mediterrâneo.

Especialistas acreditam que o caixão pertencia a um homem e encontrou uma cabeça enorme feita de alabastro, que poderia retratá-lo. O caixão é de cerca de 1,85 metros de altura, 2,65 metros de comprimento e 1,65 metros de largura. De acordo com a organização Antiguidades Egípcias, o sarcófago não foi aberto desde que foi selado pela primeira vez.




Cabeça em alabastro. Provavelmente retrata o dono da tumba.

Um porta-voz disse:

O túmulo contém um sarcófago de granito preto considerado o maior já descoberto em Alexandria.

Note-se que há uma camada de argamassa entre a tampa e o corpo do sarcófago, indicando que ele não foi aberto desde que foi fechada na antiguidade.


Uma cabeça de alabastro de um homem também foi encontrada, e provavelmente pertence ao dono da tumba.

Os dois artefatos remontam aos faraós ptolomaicos – a última dinastia a governar o Egito Antigo.

(Fonte)

Também interessante notar a informação adicional que foi fornecida no site mysteriousuniverse.org sobre este achado arqueológico:

…No entanto, eles estão mais animados com um achado em um enorme banho da era greco-romana – uma minúscula moeda de ouro com a face do rei Ptolomeu III, do terceiro século A.C., governante que ajudou a construir a Grande Biblioteca de Alexandria, promoveu a liberdade das religiões e foi um ancestral de Cleópatra.


Moeda de Ptolomeu III.

Ao anunciar a descoberta, o Dr. Ayman Ashmawy, chefe do Setor de Antiguidades Egípcias do governo egípcio, parecia mais animado com a moeda do que com o fato incomum de que a argamassa que selou o sarcófago nunca foi quebrada, assim a tampa nunca foi aberta nem o conteúdo perturbado ou removido. O sarcófago de granito preto tem 185 cm de altura, 265 cm de comprimento, 165 de largura e foi descoberto enterrado a 6 metros de profundidade no túmulo desconhecido … pelo menos desconhecido até ser identificada cabeça gigante…

Se você fosse um arqueólogo, você se empolgaria mais com a descoberta de uma moeda de outro, ou de um gigantesco sarcófago ainda não aberto desde que foi lacrado há milhares de anos?

Interessante a forma com que esses arqueólogos da tendência predominante pensam, não é mesmo? Eu gostaria de estar presente quando abrirem o sarcófago, antes deles mostrarem ao público.