Facebook admite que coleta dados de quem não usa a rede social

Facebook admite que coleta dados de quem não usa a rede social

Executivo da empresa confirma que páginas e aplicativos que utilizam ferramentas da empresa fornecem dados sobre usuários

Leia tudo

David Baser, diretor de gestão de produtos do Facebook, confirmou que a empresa consegue obter dados de quem não tem um perfil na rede social. O executivo publicou um texto nessa segunda-feira (16) para responder a seguinte questão:

"Quando o Facebook obtém dados sobre pessoas de outros sites ou apps?"

De acordo com o executivo, as informações podem ser coletadas de três formas:

- Pelos cliques nos botões "compartilhar" e "curtir"

- Pelos registros feitos em outros sites com o perfil do Facebook

1.00
PublicidadeFechar anúncio
- Pela plataforma de anúncios que monitora o comportamento na rede

Baser diz que informações também são obtidas quando usuários visitam páginas ou baixam aplicativos que usam as ferramentas de monitoramento de audiência do Facebook. Ou seja, não é necessário ter um perfil rede social para alimentar o banco de dados da empresa.

A partir do comportamento das pessoas na internet, seria possível saber o navegador, o sistema operacional e o número do IP (número de identificação de equipamentos eletrônicos).

O executivo argumenta que "a maioria das páginas da internet e aplicativos enviam a mesma informação para várias empresas a cada nova visita". Ele afirma que Twitter, Pinterest, Linkedin e Google adotam as mesmas práticas.

Durante os dois dias de depoimento ao Congresso dos EUA, Mark Zuckerberg deixou de responder cerca de 40 questionamentos. Esse texto seria uma tentativa de explicar melhor alguns pontos que não foram esclarecidos na semana passada